top of page
  • Foto do escritorAdriana Kalil

Como escolher seu psicólogo ou sua psicóloga

Como saber quem pode te ajudar, diante da sua necessidade, de tantas opções e claro características dos psicólogos? Muitos tem essa dúvida de como escolher seu psicóloga ou sua psicóloga.

Falar sobre si mesmo, contar coisas tão pessoais, intímas, as vezes até vergonhosas ja é difícil, e falar para uma pessoa que você não conhece pode ajudar, mas como confiar nessa pessoa. Nesse momento é onde vem a grande dúvida, como saber quem escolher?


E pensando nesse cuidado, nessa exposição a sua escolha vai além das características profissionais, tempo de experiência ou a especialidade do profissional. Claro que isso é importante, e você deve considerar. Mas também avalie seus sentimentos e sensações ao estar ou falar com esse psicólogo ou essa Psicóloga. Mesmo que venha por uma indicação, considere o que você sente, como esse profissional se relaciona com você.


Em muitos casos, umas das primeiras condições consideradas pelo cliente/paciente é o lado financeiro, ou seja, o que você pode investir. A terapia não deve ser um problema, mas olhe como um investimento que você está fazendo em si mesmo.


Considere também as credenciais desse profissional, dele estar de acordo com sua classe e de ser certificado. Outro ponto importante é a disponibilidade de agenda, de ambos conseguirem encontrar um horário livre. E no caso das sessões presenciais, localização também é um outro ponto, pelo acesso ou facilidade.


Além desses pontos mais práticos, outros devem ser considerados, e são esses que muitas vezes fazem a diferença, como:

  1. Sensibilidade - como você percebe esse profissional sensível a sua demanda ou queixa, como demonstra compreensão para ajuda-lo a encontrar formas e meios de te ajudar.

  2. Empatia , entendimento, a identificação ou respeito pelos seus valores pessoais, ou seja, demonstrar e compreender diferentes realidades e condições, crenças e valores sem fazer julgamento. Para você conseguir se sentir mais confortável em falar de temas mais delicados ou socialmente julgados.


O psicólogo deve lidar com a sua realidade, do paciente ou cliente e não com a realidade e as crenças e valores próprios.


Algumas características vinculados mais ao emocional são percebíveis ao longo dos encontros. E claro você não consegue ter certeza de tantas informações em uma única sessão, a não ser que de cara você já não tenha gostado do profissional . Mas se ficou na dúvida, experimente algumas sessões antes de tirar sua conclusão definitiva.


E, Claro que se gostar e resolver fazer suas sessões , aproveite seu processo o máximo que puder! Lembre-se, o resultados das sessões não são tão imediatas assim, mas eles aparecem!


Ótimas sessões de terapia para todos!

Comenta aqui o que acha dessas dicas! E qualquer dúvida estou a disposição.


Agende sua sessão diretamente pelo site: https://www.psicologaadrianakalil.com/agendamento 


Adriana Kalil

PSICÓLOGA CLÍNICA | COMPORTAMENTAL | COACHING | CRP 06/70819

Instagram: @adrikalilpsicologa | Facebook: @psicologaadrianakalil

☎️ WhatsApp: (11) 97110-0887


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page